CAVALO DE GUERRA

war-horse-poster

8.0O jovem Albert (Jeremy Irvine), se alista para servir na Primeira Guerra Mundial após seu amado cavalo é vendido para a cavalaria do exército. A esperançosa jornada de Albert o leva para fora de seu lar na Inglaterra, até as trincheiras onde as terríveis batalhas acontecem.

Drama menor do grande diretor Steven Spielberg, que mesmo sem maiores ambições, foi indicado para 6 Oscars, incluindo Melhor Filme. Trata-se de um bom e sólido filme, com elenco modesto se levarmos em conta a grandiosidade costumeira de um filme de Spielberg. Ainda assim, nomes fortes do cinema inglês, como Peter Mullan (TRAINSPOTTING: SEM LIMITES, CORAÇÃO VALENTE), Emily Watson (DRAGÃO VERMELHO, ONDAS DO DESTINO), Davis Thewlis (SETE ANOS NO TIBET, CRUZADA), Tom Hiddleston (o vilão Loki de OS VINGADORES), entre outros, alçam o patamar da produção, com performances muito acima da média. Todas as questão técnicas, como não poderia deixar de ser em um filme de Spielberg, são impecáveis. Em especial a fotografia e a trilha-sonora incidental de seus colaboradores habituais, Janusz Kaminski e John Williams. Mas CAVALO DE GUERRA peca em duas questões primordiais. A primeira é seu protagonista, vivido pelo novato Jeremy Irvine (que lembra muito fisicamente um jovem Patrick Swayze), que não tem carisma suficiente para segurar a produção, e é constantemente engolido pelo elenco de apoio do filme. A segunda, é, por incrível que pareça, o cavalo. Por mais que a história seja bem contada, e o animal esteja totalmente inserido no conceito emocional do filme, simplesmente não dá para criar uma conexão com a força necessária entre o animal e o público, para que o filme funcione perfeitamente. Especialmente em um filme onde milhares de soldados são mortos nos campos de batalha, e acabam tendo peso maior que os perigos que o cavalo enfrenta no filme. De qualquer maneira, trata-se de um filme de Steven Spielberg. E um filme de Spielberg, mesmo quando é fraco (o que não é o caso aqui), é melhor do que 60% dos filmes que são lançados por aí. Por exemplo, duas sequências do filme são primorosas: A primeira, mostra uma corrida desenfreada do cavalo no meio do campo de batalha. Filmada à noite, em meio à chuva, tiros e explosões, a sequência é de uma perfeição e de poder emocional gigantescos. O mesmo pode ser dito da sequência seguinte, onde dois soldados rivais, se unem pelo objetivo em comum de libertar o cavalo, que fica preso em arame farpado, em pleno campo de batalha. CAVALO DE GUERRA é um Spielberg menor, mas ainda assim, é um grande filme.

VEJA O TRAILER DO FILME AQUI:

war-horse-dl-wallpaper-1920x1200-1

Deixe seu comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s