12 HOMENS E UMA SENTENÇA

10Um homem (Henry Fonda), parte de um júri de um caso de assassinato, vai aos poucos convencendo os outros jurados de que o veredicto não é tão óbvio como foi descrito no tribunal.

Clássico de 1957 que é um verdadeiro ode ao cinema. Um filme onde tudo é carregado nas costas de todo o elenco, e no descomunal talento de seu diretor, o falecido Sidney Lumet (de clássicos como UM DIA DE CÃO e SÉRPICO, ambos com Al Pacino). Todo o elenco é fenomenal, mas destacam-se o protagonista Henry Fonda, Martin Balsam e principalmente, Lee J. Cobb (O EXORCISTA), cuja interpretação na cena final do filme é excruciante de tão soberba. 12 HOMENS E UMA SENTENÇA teve um excelente remake (o que é raro!) em 1997, dirigido por outro grande mestre do cinema, William Friedkin (O EXORCISTA, OPERAÇÃO FRANÇA e o recente KILLER JOE), contando com os eternos Jack Lemmon e George C. Scott nos papéis principais. Curiosidade: Lumet declarou em uma entrevista, que para aumentar o clima claustrofóbico do filme, ía diminuindo as distâncias entre as paredes da sala onde se passa toda a ação do filme, e que conforme o andamento do filme, ía fechando cada vez mais os ângulos da câmera. Notas de um gênio, que deixou sua marca na história do cinema.

VEJA O TRAILER DO FILME AQUI:

Anúncios

Deixe seu comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s