O ENIGMA DE OUTRO MUNDO

thing

8.0Um time de cientistas em uma isolada estação na Antártida é confrontado por um alienígena que muda de forma, e é capaz de replicar os indivíduos que mata.

Clássico da ficção-científica de 1982, baseado na história de John W. Campbell Jr, “Who Goes There?”, que ganhou uma versão para o cinema em 1951, chamada “O MONSTRO DO ÁRTICO”, e que em 2011, ganhou mais uma versão, que de certa forma, é uma prequela dos eventos retratados nesta versão de 1982. Dirigido pelo mestre do suspense John Carpenter (HALLOWEEN, À BEIRA DA LOUCURA), O ENIGMA DE OUTRO MUNDO é aterrorizante. Não só pela medonha criatura a qual retrata, mas principalmente pelo medo paranóico à que seus personagens centrais são submetidos. Imagine você, caro leitor desta crítica, isolado em um continente de gelo, e cercado de pessoas conhecidas que, de repente, de uma hora para a outra, qualquer uma delas pode ser uma criatura de outro mundo devoradora de carne humana. Pois é… E é exatamente esse jogo de “em quem a criatura está escondida” que O ENIGMA DE OUTRO MUNDO manipula tão bem. Ainda assim, há espaço para o bom e velho gore à la anos 80, com sensacionais efeitos mecatrônicos, que ainda hoje, causam mais medo e espanto do que muitos dos efeitos-especiais digitais que existem por aí hoje em dia. A sequência em que a criatura se “morfa” em uma aranha cujo tronco é na verdade uma cabeça humana, é até hoje, na minha opinião, uma das cenas mais dantescas e assustadoras da história do cinema. A trilha-sonora incidental minimalista do genial maestro Ennio Morricone também ajuda a compor o clima de suspense extremo da produção. No elenco, formado em sua totalidade somente por homens, Kurt Russell emprega a competência de sempre no papel do herói, e Keith David (A VIAGEM) e o veterano Wilford Brimley (A FIRMA, O ALVO), também compõem bons personagens com efeito direto na trama. Muito foi debatido também sobre o final ambíguo e desalentador do filme. Pode vir a desagradar alguns, mas pessoalmente, acho que é um final corajoso (principalmente para a época) e um dos principais motivos que transformaram o filme em uma obra-prima, com o passar dos anos.

VEJA O TRAILER DO FILME AQUI:

thing_ver3_xlg THINGblue

Anúncios

Deixe seu comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s