JACK REACHER: O ÚLTIMO TIRO

jack_reacher_ver2_xlg

7.0Jack Reacher (Tom Cruise), um investigador da Divisão Militar de Homicídios, penetra mais fundo em um caso envolvendo um atirador de elite do exército americano, que assassinou cinco vítimas, aparentemente de maneira aleatória.

Baseado em uma série de livros do autor inglês Lee Child, e escrito e dirigido pelo ótimo Christopher McQuarrie (OS SUSPEITOS, OPERAÇÃO VALQUÍRIA) JACK REACHER: O ÚLTIMO TIRO, cujo papel-título é interpretado pelo astro Tom Cruise, no papel de um ex-policial militar que vive como um “fantasma”: sem documento, sem cartões de crédito, sem nada em seu nome, e que tem um método peculiar de agir, não se importando com regras ou leis. O filme começa com uma forte e bem executada cena de um massacre em um parque à beira de um rio, e uma sucessão de fatos coloca Jack Reacher na ativa. Com isso, o filme se desenvolve com investigações e perseguições, para descobrir o real motivo do massacre. JACK REACHER: O ÚLTIMO TIRO não se destaca de nenhum outro filme do gênero policial, tendo boas cenas de perseguições de carros e vibrantes sequências de luta. O filme prende a atenção em alguns momentos, principalmente graças às reviravoltas na trama, mas em nenhum momento chega a mexer com o espectador. É um filme com bom potencial, mas que de alguma maneira, o aborda de maneira tímida. Com um elenco de apoio discreto, onde se destacam as presenças  do ótimo Richard Jenkins (O HOMEM DA MÁFIA, DEIXE-ME ENTRAR) a da bela Rosamund Pike (007: UM NOVO DIA PARA MORRER, DOOM: A PORTA DO INFERNO) e uma participação especial do monstro Robert Duvall, os refletores ficam todos em cima de Tom Cruise, que como sempre, ajuda a salvar o filme, sempre atuando com enorme firmeza e carisma, e, quando necessário, com o cinismo e sarcasmo, marca registrada do personagem Jack Reacher nos livros. Mas o que nos deixa um pouco chateados é que Tom Cruise ultimamente tem escolhido projetos dentro de um “perímetro de segurança”, deixando de ousar na escolha dos papéis, e por isso mesmo, ficando cada vez mais para trás no quesito popularidade com seus fãs. Por vezes, parece até que Cruise pensa que apenas sua presença em um filme, já é certeza de sucesso da produção. Resta saber  se em seu próximo filme, a ficção científica OBLIVION mudará nossa opinião. O trailer (http://gallomovies.com/2012/12/07/mais-tom-cruise-chegando-por-ai/) pelo menos promete.

VEJA O TRAILER DO FILME AQUI:

Jack-Reacher-movie-poster

Deixe seu comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s