NAPOLEON DYNAMITE

napoleon_dynamite_ver2 napoleon_dynamiteNapoleon (Jon Heder), um adolescente nerd e alienado decide ajudar seu novo amigo a vencer a eleição para presidente do corpo estudantil de seu colégio, enquanto ao mesmo tempo, em casa, tem de lidar com sua bizarra família.

Os filmes do diretor Jared Hess (NACHO LIBRE, GENTLEMEN BRONCOS) não são para todos os gostos. Suas comédias transitam em uma fina linha que beira a rejeição, e quem aprecia seu humor discreto e peculiar, às vezes tem vergonha de admitir. De fato, quem diz que gosta deste NAPOLEON DYNAMITE, vai achar difícil encontrar motivos para justificar essa afirmação. O filme é rasteiro, com situações que partem do nada e levam à lugar nenhum. Até a identificação do público com o próprio protagonista, um adolescente que não tem a mínima noção sobre absolutamente nada, beira o impossível. Então porque diabos, eu, Eduardo, gosto tanto de NAPOLEON DYNAMITE? Creio eu, que uma vez que você “capta” o espírito da coisa, e começa a entender ou simpatizar só um pouco com o protagonista, o filme começa a soar engraçado. Em alguns momentos, até hilário, dados os absurdos ou a empáfia de certas situações. Eu conheci diversos nerds durante minha vida escolar, e nos casos mais radicais, alguns deles realmente soavam parecidos com o Napoleon, incrivelmente bem interpretado pelo bom Jon Hess (ESCOLA DE IDIOTAS, ESCORREGANDO PARA A GLÓRIA). Hess compõe um personagem no mínimo peculiar, através da voz, do timing perfeito e do olhar vazio. Hess não está sozinho. Alguns nomes do elenco criaram personagens realmente memoráveis. Aaron Ruell, no papel do primo ainda mais nerd de Napoleon, Efren Ramirez, como o melhor amigo e Jon Gries (A HORA DO ESPANTO 2, BUSCA IMPLACÁVEL), num papel mais profundo do que parece, compõe um dos personagens mais hilários que eu já vi: O sonhador tio de Napoleon, Rico. O filme ainda conta com uma ótima trilha-sonora com hits dos anos 80, como “Forever Young”, da banda Alphaville, “The Promise”, da banda When in Rome, e uma sequência antológica ao som de “Canned Heat”, do Jamiroquai. NAPOLEON DYNAMITE é uma comédia diferente, até mesmo estranha, com situações discretas, mas incrivelmente engraçadas, para quem absorver este peculiar universo que Napoleon e seu diretor, Jared Hess, habitam. MÉTRICA: 9.0. (Caso o filme não seja digerível pra você, não briguem comigo pela nota 9, ok? Hehehe…)

VEJA O TRAILER DO FILME AQUI:

E VEJA A MELHOR SEQUÊNCIA DO FILME AQUI (CASO NÃO LIGUEM DE ESTRAGAR UMA DAS SURPRESAS DO FILME):

MPW-23407

Deixe seu comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s