À TODA PROVA

haywire_ver3_xlg

5.5Uma super-soldado do setor de Operações Especiais (a lutadora de MMA e atriz Gina Carano), sai em busca de vingança após ser traída e abandonada à morte em sua última missão.

O diretor Steven Soderbergh, um dos mais respeitados do cinema atual, é capaz de dirigir filmes realmente sensacionais (ONZE HOMENS E UM SEGREDO, IRRESISTÍVEL PAIXÃO, TRAFFIC, ERIN BROCKOVICH: UMA MULHER DE TALENTO, entre outros). Mas também é capaz de verdadeiras BOMBAS, como O SEGREDO DE BERLIM, FULL FRONTAL, DOZE HOMENS E OUTRO SEGREDO, a refilmagem de SOLARIS, e, este próprio À TODA PROVA. É incrível como Soderbergh conseguiu desperdiçar um elenco de nomes como Ewan McGregor, Channing Tatum, Antonio Banderas, Michael Douglas, Bill Paxton e Michael Fassbender, em uma história sem pé nem cabeça, com um roteiro desprezível, e uma das piores trilhas-sonoras incidentais de todos os tempos. É uma pena, já que o mais difícil, Soderbergh já tinha conseguido: Uma protagonista que fosse atraente, e que antes de tudo, soubesse lutar como ninguém. O nome dela é Gina Carano, que além de gatíssima, é lutadora profissional de MMA. Eu mesmo já havia visto umas duas lutas dela, mas não tinha reparado em como ela é realmente bonita e que tinha esse corpaço todo. Somente ela, e as suas sequências de luta, salvam À TODA PROVA do desastre completo. Atenção à sequência de luta entre a personagem de Carano e Michael Fassbender no quarto de hotel. É uma das melhores sequências de luta que já vi.

VEJA AQUI O TRAILER DO FILME:

Deixe seu comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s